Ao utilizar o website da Pedra e Decoração está a concordar com a utilização de Cookies.

Por que se deve adquirir salamandras a pellets?

Por suporte 23/03/2017 0 Comentários

O que caracteriza os pellets?

No momento em que se encontra a ler este texto sente um «frio de rachar»? Como não suporta navegar na Internet enquanto tecla de mãos geladas e tirita os dentes, está à procura de um aquecimento que consiga conjugar economia, modernidade e sentido prático, para além de ser «amigo do ambiente»… e acabou por visitar esta página! Acredite que ganhou o dia: fique a conhecer o que são salamandras a pellets e as suas respectivas vantagens. salamandras a pellets

Antes de mais, é importante esclarecer que os pellets de madeira são uma espécie de lenha, produzida a partir de serradura de madeira seca e refinada que, posteriormente, é comprimida.

É por isso que para obter pellets de qualidade, torna-se obrigatório que a serragem seja fresca, com origem em serrações locais.

Por outro lado, não é mesmo nada aconselhável que se utilize serradura de pellets já usados ou de carpintarias, que, geralmente, contam com resíduos de produtos químicos.

Os desperdícios de madeira fabricada também entram nesta lista.

Um pellet de madeira completamente natural não deve incluir nenhum aditivo, como a cola.

De resto, esta substância é extremamente densa e tem de ser fabricada com um baixo índice de humidade.

Quanto à sua forma, os pellets são granulados cilíndricos com seis a oito milímetros de diâmetro e com 10 a 40 milímetros de comprimento. Estima-se inclusive que estas substâncias contam com um elevado poder calorífico, que é três vezes superior à lenha normal.

Salamandras a pellets unem ecologia e poupança

Centrando noutros benefícios, as salamandras a pellets dispensam a tradicional queima da lenha, o que acaba por eliminar uma série de problemas, como aquele odor característico – e tão desagradável – que não desgruda da roupa e dos móveis ou o fumo em casa.

Em tempos de crise económica, deve-se sublinhar ainda que uma salamandra a pellets se destaca pelo seu baixo consumo: afinal de contas, calcula-se que, por ano, gasta-se em média uns 20 sacos de pellets, o que equivale a uns 300 quilos.

Falando ainda de poupanças, sabia que os pellets são um tipo de madeira que se encontra isento de humidades? Sendo assim, há uma combustão quase total.

Para quem não seja muito experiente com salamandras a pellets, o melhor é seguir algumas dicas mesmo obrigatórias.

Por exemplo, é aconselhável que estes equipamentos fiquem posicionados a, pelo menos, uma distância de dois metros dos materiais combustíveis.

Como é óbvio, a instalação das salamandras a pellets só deve ser realizada por pessoas com experiência e devidamente autorizadas.

Para a manutenção de salamandras a pellets, deve haver uma inspecção periódica das condutas por parte de uma pessoa qualificada, além de ser necessário certificar-se de que existe renovação suficiente do ar no interior da habitação.

A falta de renovação do ar torna-o insalubre, o que pode fazer com que estes aquecimentos funcionem de forma deficiente.

A empresa Pedra e Decoração disponibiliza salamandras a pellets para os mais diversos gostos