Ao utilizar o website da Pedra e Decoração está a concordar com a utilização de Cookies.

Deixe o frio lá fora com as salamandras a lenha!

Por suporte 23/03/2017 0 Comentários

Salamandras a lenha: um aquecimento de sucesso

salamandras a lenhaAs salamandras a lenha continuam a ser um dos equipamentos favoritos da maioria das pessoas para aquecer a casa nos dias friorentos, embora surjam cada vez mais novas alternativas, como o aquecimento por caldeiras a gás ou os soalhos aquecidos.

Por que razão as salamandras a lenha continuam a conquistar tanto sucesso? A variedade de materiais utilizados é um dos principais factores.

Existe, por exemplo, salamandras a lenha em aço, como o modelo Stofocus, disponibilizado pela empresa Pedra e Decoração.

Esta peça distingue-se por quebrar a monotonia na decoração da sala de estar, graças a fachadas ousadas e inovadoras, associando-se a criatividade à funcionalidade.

O Stofocus conta com um acabamento interno de alto desempenho e com tijolos refractários.

As salamandras em aço também se caracterizam pela sua durabilidade, visto que este tipo de material, se for de boa qualidade, dura muitos anos sem protecção.

Não acredita que as salamandras a lenha também podem ser mágicas? Então, convença-se com a Salamandra Stûv 30.

Trata-se de um aparelho que muda a fisionomia conforme as horas e as circunstâncias, sendo, sem dúvida, uma das gamas de salamandras mais eficazes do mercado.

Por isso, existem três variantes: colocado, encastrado ou suspenso na parede.

Já agora, se estiver a instalar uma nova salamandra a lenha, aproveite para saber que móveis é que podem combinar perfeitamente com este aparelho, escolhendo entre diversas peças, como mesas, cadeiras, sofás, tapetes, candeeiros...

Cuidados a ter com as salamandras a lenha

Caso não seja muito experiente com salamandras a lenha, deixamos-lhe um conselho: utilize lenhas de maior densidade, tais como o carvalho, o sobreiro ou a azinheira, visto que são as melhores em termos de condução, rendimento e consumo, embora dificultem o acendimento.

A lenha de eucalipto é, também, uma lenha de elevado valor energético.

Já as lenhas resinosas, como a lenha de pinho, devem ser usadas com moderação: apesar de facilitarem o acendimento, obrigam a maiores cuidados de manutenção do aparelho e da chaminé.

Como é óbvio, ao utilizar as salamandras, a lenha deve estar bem seca, já que a lenha molhada ou verde provoca uma condensação na câmara de combustão e sujidade no vidro, o que dificulta a utilização do equipamento.

Saiba mais sobre salamandras a lenha em www.pedradecoracao.pt