Ao utilizar o website da Pedra e Decoração está a concordar com a utilização de Cookies.

Acredite: um barbecue saudável não é utopia...

Por suporte 23/03/2017 0 Comentários

Quais são os ingredientes de um exemplar barbecue saudável?

Nunca julgou ser possível ler numa mesma frase as palavras «barbecue» e «saudável»? Então, desengane-se: estas refeições ao ar livre podem ser uma arma extremamente útil para assegurar a sua saúde e bem-estar.

O segredo reside na escolha dos alimentos (e dos temperos) que deverão ser cozinhados, como o testemunha um artigo recentemente publicado no portal SAPO Saúde.

Por exemplo, para assegurar um barbecue saudável, invista em gorduras insaturadas, como o azeite ou aquelas que se encontram no peixe.

Afinal, este tipo de gorduras tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.

De resto, é sempre importante lembrar que as gorduras saturadas, existentes sobretudo em enchidos e nas carnes vermelhas (os típicos ingredientes de qualquer churrasco), estão relacionadas com o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e até de alguns tipos de cancro.

As gorduras vegetais hidrogenadas (localizadas em margarinas, fritos ou bolachas) são igualmente prejudiciais para a nossa saúde.

Há inúmeras vantagens em consumir peixe num barbecue saudável.

No caso dos peixes brancos ou azuis, estes alimentos são ricos em ácidos gordos essenciais (ómega 3), que diminuem os elevados níveis de colesterol e são fundamentais para um bom funcionamento do cérebro.

Caso prefira outros produtos, fique a saber que o atum, o salmão e a sardinha são uma óptima e saudável alternativa.

Porém, se nunca consegue resistir a um bom prato de carne, esteja à vontade e prove sem culpas um barbecue saudável repleto de carnes brancas.

É que este tipo de produtos, como o peru ou o frango, contam com um menor teor de gordura, em comparação com as carnes vermelhas.

A lembrar, contudo, que, enquanto se prova estas carnes brancas, é aconselhável que se retire qualquer gordura que se encontre visível.

Acompanhe sempre estas refeições com um dos «melhores amigos» do nosso bem estar: o pão.

É que este alimento tem mais fibra, o que faz com que o pão seja digerido de forma mais lenta pelo organismo, induzindo-se, desta maneira, a saciedade.

   

Que tal optar ainda por saborear uma sopa antes do barbecue? Mesmo que o tempo esteja mais quente, é sempre saboroso provar este tipo de pratos que, para além de ser delicioso, é igualmente saudável: afinal de contas, regra geral, a base das sopas são os legumes, havendo também pouquíssima gordura. 

Já agora, durante um barbecue que deve ser saudável, ponha de lado as bebidas gaseificadas e alcoólicas e opte por chá, água ou sumos naturais - mas nunca adicione açúcar, para ingerir ainda menos calorias.

Deve-se recordar que o açúcar provoca picos altos de glicemia e o aumento de secreção de insulina, além de se transformar rapidamente em gordura no organismo.

Por falar em temperos, reduza a quantidade do sal, um ingrediente que, quando é consumido em excesso, pode provocar hipertensão, doenças cardiovasculares e retenção de líquidos.

     

Sabia que os barbecues a gás são extremamente ecológicos e cómodos? barbecue

Caso queira assegurar que o seu churrasco, para além de ser saudável, também é um excelente exemplo de uma refeição «amiga do ambiente», o melhor é mesmo optar por cozinhar os seus pratos através de barbecues a gás.

Na verdade, este tipo de equipamentos evita a libertação de cinzas ou de outras partículas resultantes da queima da lenha ou do carvão.

Realmente, os barbecues a gás têm um óbvio e importante papel na preservação do ambiente ao evitar a utilização do carvão o que, por sua vez, reduz a libertação desses resíduos poluentes tanto para a atmosfera como para o solo. Sendo assim, os barbecues asseguram a manutenção de um espaço limpo e asseado.

Por outro lado, os barbecues a gás são exemplarmente cómodos, uma vez que permitem que cada utilizador consiga regular o nível da chama e até mesmo interromper ou reiniciar o churrasco.

Trata-se ainda de uma solução mais económica, uma vez que o custo do gás é tendencialmente inferior ao do carvão. 

Descubra os barbecues a gás da empresa Pedra e Decoração