Ao utilizar o website da Pedra e Decoração está a concordar com a utilização de Cookies.

Lareira a lenha ou elétrica? Qual escolher?

Por suporte 23/03/2017 0 Comentários

São um objeto tradicional que evoluiu ao ponto de se assumir como um elemento não só de aquecimento, mas também de decoração.

Atualmente, a lareira a lenha tem uma funcionalidade prática e um design inovador. Por isso, quando o frio se instala, este equipamento continua a ser muito procurado. Acender a lareira ainda é sinónimo de serões partilhados em frente ao fogo e de conforto, gerado pelo calor das chamas.

Hoje em dia, quando se fala em lareiras há uma enorme variedade de equipamentos, cuja oferta oscila em termos de custos de aquisição e de manutenção, de design e de fonte de alimentação. Existem vários materiais de combustão associados às lareiras. As mais tradicionais funcionam a lenha ou a energia elétrica.

As lareiras a lenha podem ser modernas?

As lareiras a lenha possuem uma característica que nenhum outro modelo poderá oferecer: o fogo a crepitar. Os efeitos visual e auditivo são únicos e incomparáveis. Além disso, atualmente os modelos a lenha acompanham o design das lareiras modernas que usam outros materiais de combustão, sendo esteticamente apelativas.

Avaliando os custos, uma lareira a lenha funciona através da queima de madeira, que é facilmente acessível e mais barata que a energia elétrica. A queima de madeira permite a obtenção de temperaturas mais altas, de forma mais rápida do que com qualquer outra fonte de abastecimento. Porém, as lareiras a lenha necessitam de uma chaminé (para escoamento de fumos e partículas nocivas produzidas), pelo que há parte do calor que não é aproveitada, pois escapa para o exterior.

A lareira a lenha implica a organização de um espaço de armazenamento dos materiais até à sua utilização. Além disso, em termos de higiene, o manuseamento da lenha e as cinzas resultantes da queima obrigam a uma limpeza cuidada.

 

Quais as vantagens e desvantagens das lareiras elétricas face às de lenha?

As lareiras elétricas são os equipamentos mais eficazes na produção de calor, pois a totalidade da energia produzida eletricamente é convertida em luz e calor.

Sendo desnecessária a instalação de chaminé (uma vez que não ocorre formação de fumos nocivos), estas lareiras podem ser instaladas em qualquer parte da casa. Existem modelos que reproduzem a imagem da chama e dos troncos em processo de combustão.

Contudo, este tipo de lareiras tem custos de aquisição e de utilização superiores aos das lareiras a lenha. Além disso, caso o abastecimento falhe, a utilização da lareira fica comprometida.