Ao utilizar o website da Pedra e Decoração está a concordar com a utilização de Cookies.

A importância dos recuperadores de calor a lenha

Por suporte 23/03/2017 0 Comentários

Qual é o valor dos recuperadores de calor a lenha, para além do aquecimento?

Um inverno nunca seria o mesmo sem uns bons recuperadores de calor a lenha no centro da nossa sala de estar.

Afinal de contas, este tipo de aquecimentos distingue-se pelo seu trabalho eficiente, embora tenha outros valores que se prolongam para além da sua importante funcionalidade.

Por exemplo, aqueles que são mais sensíveis a uma decoração de qualidade acabam por encarar uns recuperadores de calor a lenha como um objecto de extremo valor estético.

E o mercado tem respondido a essas necessidades.

Portanto, os proprietários de casas onde se privilegia uma ambiência mais rústica têm tendência a adoptar aquecimentos repletos de materiais, como pedra, que contribuem para essa decoração tradicional.

Por outro lado, os recuperadores de calor a lenha também são um precioso elemento decorativo para todos os que preferem ter uma casa com elementos mais sofisticados.

É por isso que tem surgido uma vasta gama de equipamentos com um toque moderno, tão visível quer nas suas linhas, quer nas suas cores sóbrias.

De resto, deve-se destacar que os recuperadores de calor a lenha contam igualmente com uma certa conotação romântica.

Aliás, é bastante comum que os momentos de amor mais importantes de um casal sejam vividos junto deste tipo de aquecimentos…

Os principais cuidados na utilização de recuperadores de calor a lenha recuperadores de calor a lenha

Se, por um lado, é verdade que os recuperadores de calor a lenha têm muito valor para além da sua óbvia função de aquecimento, por outro, também é certo que este tipo de equipamentos obriga a uma série de cuidados especiais. 

Em primeiro lugar, antes de acender os recuperadores de calor, deve verificar se a chaminé está desobstruída, visto que este é o local preferido pelos pássaros para fazerem os seus ninhos.

Além disso, a lenha perfeita é seca.

Afinal, a lenha molhada provoca muito fumo e não dá brasa.

Tanto melhor se conseguir guardar a lenha de um ano para o outro num lugar coberto e ventilado.

Verifique igualmente se o recuperador de calor não está próximo de tapetes, carpetes e de materiais sintéticos ou de algodão, devido ao risco de incêndio.

Por esse mesmo motivo, é aconselhável que o mobiliário não esteja demasiado perto desta fonte de aquecimento. 

Enquanto estiver a iniciar o fogo, lembre-se de que este tipo de equipamento não é o melhor local para desenvolver labaredas muito altas: o objetivo é obter brasa, que gera o calor.

Logo, é preferível alimentar o fogo aos poucos do que encher o recuperador de calor com muita lenha de uma só vez.

Além disso, use gravetos, um pão velho embebido em álcool ou outra solução prática para atear o fogo.

É inteiramente desaconselhável o uso de derivados de petróleo e um abuso na quantidade de álcool.

Na Pedra e Decoração, há recuperadores de calor a lenha para todas as casas.

Conheça-os!